Mae! Eu ja li a Biblia toda varias vezes. E a conclusao que cheguei e que a missao de todos nos, aqui na terra, e amarmos uns aos outros!
HUGO MAGNO DE BARROS GIUBERTI
Desceu a terra em 10/09/85 e Subiu ao ceu em 20/08/07

sábado, 26 de janeiro de 2008

Louvado sejas, Senhor!

Como posso, eu Senhor , arranca-lo de tuas maos?
Contra a tua Onipotencia nao posso lutar.
Tu o guardaste em lugar secreto, que nao posso ver.
E por mais que o procure ,nao poderei encontrar.
E nesse momento...O Senhor nos mostra o teu poder...
E nos humilha diante a morte.
Nos mostra o quanto somos impotentes .
E o quanto precisamos de Tu, oh Pai!


Nao ha nada que se possa fazer.
Nao ha ninguem que possa ajudar.
Nao ha um juiz ,na terra sequer, que possa ir contra Ti .
E nos voltar a guarda de quem um dia , o Senhor, nos incubiu de guardar...

A morte...
O maior inimigo da humanidade...
O ultimo inimigo a ser vencido por Jesus.
E tao misteriosa para nos...pequenos mortais...meros mortais...
E seus grandes misterios so foram desvendados pele cordeiro Santo.

E diante a morte . Temos que encara-Lo, Oh Senhor!
Temos que encarar esse grande feito.
Temos que encarar as verdades deixadas...
Encarar seus propositos.
Encarar o que esta apos aqui.
E encararmos o qual miseraveis somos sem Ti.

Qual sera o Rei que o tirara de tuas maos?
Qual autoridade terrena podera guerrear contigo por mim?
Qual o delegado?
Qual instituicao humana podera requerer no teu reino a volta dos que partiram?
Quem ganhara de Ti?
Quem podera bater o martelo e setencia-Lo a devolver-me o meu filho, Senhor?

Nao ha...
Nao ha, vida humana. Autoridade humana que o arrancara de tuas maos.
Nao ha Leis em nenhuma nacao que tenha o poder de exigir isso de Ti. Oh todo poderoso!
Nao ha Uniao internacional que possa condena-Lo.

E se ainda isso fosse possivel, Oh Pai!
Tu terias fortes argumentos que me fariam perder a causa, todavia...
Bastaria conta-los, que e Tu quem das, portanto e Tu quem tiras.
E dirias:
"A mim, ele ja partencia!".

E ficaria envergonhada quando diante a reis dizesse:
"Qual foi o Rei que o deu a vida?"
"Qual foi a autoridade que por muitas vezes o consolou?"
"Qual foi o Juiz que nunca o condenou?"
"Quem escolheu para ele que a instituicao em que nascesse fosse a familia, dessa mulher?! . Dirias apontando para mim, que envergonhada desviarias o meu olhar de Ti"

"Quem esteve com ele na mais profunda intimidade de sua vida , dia apos dia?"
"Quem fez para eles muitos impossiveis e o deu inteligencia para fazer o que fosse possivel?"
"Quem? Quem?"
"Quem enxugou as lagrimas escondidas derramadas que so sao reveladas a mim, quando a humanidade deita-se em seus leitos?"
"Quem o orientou nos seus mais profundos segredos?"

"Estive com esse rapaz todos os dias de sua vida.
Acompanhei todo o seu viver desde o ventre de sua mae.
Eu o conheci desde o dia que foi fecundado. Muito antes de sua mae!
Segui com ele todos os passos que ele pensou estar sozinho.
Cuidei com zelo e carinho de tudo o que para os outros pareciam problemas corriqueiros e sem importancia.
Ele me chamava de Pai.
E eu sempre o chamei de filho.
E ninguem. Nem mesmo essa mulher que reclama por ele , o amou e o ama, mais do que Eu. O Eu sou!"

E envergonhada eu ficaria, Senhor!
Nao so por reconhecer seus argumentos como verdadeiros,
Mas tambem por saber que eu nunca conheceria a alma do meu filho tanto quanto Tu!
Que jamais poderia da-lo a felicidade plena, que lhe foi guardada para viver contigo.
Envergonhada ficaria, Senhor...
E retiraria a queixa, e voltaria para casa sem o meu filho nos bracos,
Ciente de que Somente Tu, Pai.
So Tu!
Poderia da-lo a alegria que vive, hoje, nos ceus...


Envergonhada ficaria diantes reis, juizes e autoridades, Senhor!
Quando lembrasse-me, que nao ha , uma morada sequer na terra que todo o dinheiro do mundo poderia comprar,
que fosse comparavel a que guardou para ele, Pai.
Envergonhada ficaria...
Me envergonharia da minha pequenez, do meu egoismo, e do meu clamor!
Envergonhada ficaria diante de Ti, Senhor!
Quando me olhasse dentro dos meus olhos e me dizesse:
"Filha. Confia em mim".

Louvado seja Tu!
Louvado sejas por requerer dos santos o direito de suas almas.
louvado sejas Tu, Oh Pai!
Por requerer as almas daqueles que creem, que o poder de Jesus ,esta acima da morte.
Louvado sejas , para sempre Tu. Jeova . Por ter resgatado para ti...
Aquele que ja era teu...

Te amo, Pai.

2 Comments:

Sandra Coração de Poeta said...

Ola Giubert
Ao ler suas palavras sentir uma dor enorme no peito pois gerei 2 filhos e 1 filha que só estiveram comigo 9 meses,hoje estariam com 20,22.23 anos mas Deus precisava de Anjos e os levou e me deixou apenas a alegria de ter sido mãe.
Sei a dor que vc sente no coração mas nosso pai criador nos conforta e tenho certeza que ainda encontrarei com os meus filhos alias encontraremos eu com meus anjos e vc com o seu.
Que Jesus conforte o coração de vcs assim como confortou o meu .
paz
Sandra
Salvador-Ba

Sandra Coração de Poeta said...

Ola Giubert
Ao ler suas palavras sentir uma dor enorme no peito pois gerei 2 filhos e 1 filha que só estiveram comigo 9 meses,hoje estariam com 20,22.23 anos mas Deus precisava de Anjos e os levou e me deixou apenas a alegria de ter sido mãe.
Sei a dor que vc sente no coração mas nosso pai criador nos conforta e tenho certeza que ainda encontrarei com os meus filhos alias encontraremos eu com meus anjos e vc com o seu.
Que Jesus conforte o coração de vcs assim como confortou o meu .
paz
Sandra
Salvador-Ba

d