Mae! Eu ja li a Biblia toda varias vezes. E a conclusao que cheguei e que a missao de todos nos, aqui na terra, e amarmos uns aos outros!
HUGO MAGNO DE BARROS GIUBERTI
Desceu a terra em 10/09/85 e Subiu ao ceu em 20/08/07

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Um ano que meu filho vive ao lado de Deus.





Papai do Ceu
Num dia como hoje. A um ano atras, Tu levastes aquele que confiou a mim. Aquele que chamei de filho.
Foi tao inesperado. Ao mesmo tempo eu esperava.
Assim como o Teu filho, ele teve medo. Medo do confronto do corpo com a separacao do espirito.
Foi tao bom confiar em Ti Papai, durante todo esse periodo de ausencia. Isso me ajudou a me sustentar de pe.
Nunca me senti abandonada por Ti. O Senhor esteve presente a cada segundo que continuei aqui na terra. Segundos que completaram 365 dias, hoje.
Esteve comigo em todos os momentos de ausencia, de saudade.
Sabe, Papai...
Nem sempre eu estive contigo, porque sou fraca, sou pequena. mas o Senhor, Papai, O Senhor nunca deixou de estar perto. E a tua maravilhosa presenca me comove sempre.
Eu sei que o Senhor, as vezes, tambem se entristece. E sei que foi duro para Ti, ter criado a separacao, que chamamos de morte.
Sei que foi duro, mas que foi necessario.
Tu usastes de Sua infinita sabedoria para dar ao homem uma nova chance. Chance de viver sem desagrada-lo. Num corpo incorruptivel.
Teu filho Jesus, tambem disse tantas palavras confortantes a respeito da morte, que nao podemos ver, mas sabemos que existe.
O Senhor fez tudo tao perfeito.
Pai, confesso que tive muito medo desse dia.
Do dia de hoje...
Tive medo do tempo representado numa data.
O Senhor ja sabe. Eu nao sou perfeita. Nao tenho toda a compreensao do universo.
Ouvi falar que toda mae orfa se sente assim antes da data.
Mas o depois e tao variado.
Algumas dizem que sentiram uma certa paz maior.
Outras dizem que a saudade as desesperaram.
Fiquei aflita esperando ver qual seria a reacao do meu coracao.
Tive medo Papai. Muito medo.
Medo de entrar na tal nova etapa que algumas mamaes contam.
Ou medo de sofrer mais...
Nesse horario. A quase duas horas da tarde , aqui em USA. E uma hora adiante no Brasil. Ele ja havia sido pronunciado morto pelos homens. E estava mais vivo do que nunca Contigo ai, Senhor.
Me espanta que ja tenha se passado 8.760 horas sem ver o sorriso dele.
Que ja tenha se passado 525.600 minutos sem sentir o abraco do meu fiho, Papaizinho.
Foram todas essas horas contadas pela saudade.
Foram todos esses minutos vivendo a dor da ausencia , tao forte, que e a ausencia de um filho.
Ao mesmo tempo , para mim, parece que foi ontem.
Nao tenho a Tua visao. Nao tenho os teus olhos, Deus. Nao tenho a Tua sabedoria.
Nao contemplei tudo isso de cima. Sofrendo como o Senhor sofreu ao ver teu filho.
Quando reflito que Tu Papai, viu tudo, cada gota de sofrimento de Jesus.
Penso na Tua forca.
E principalmente no Teu amor por nos.
Pai, O Senhor e incrivelmente maravilhoso. Tua forca, e teu amor por nos, verdadeiramente constrange a humanidade.
O desconhecido sempre nos causa medo.
A morte nos e desconhecida.
E quando se morre um filho, nos , maes orfas, nos sentimos, meia como mortas tambem.
Ao mesmo tempo, temos que juntar tantas forcas em uma so.
Temos que juntar tanta energia num unico objetivo, que e o de continuar de pe.
Que na verdade, estamos vivendo todos os sentimentos mais fortes que um ser humano possa viver, num tempo so. O tempo de Luto por um filho.
Esse tempo vamos carregar conosco ate o dia que Tu nos chamarem tambem.
Entao la, compreenderemos, tantas coisas que nossa limitada visao humana, ainda nao pode compreender.
Hoje, quando abri os olhos, e olhei a minha volta, tentando perceber como estava meu coracao nesse dia. Percebi que mais do que nunca, confio em Ti.
E olhando a foto de meu filho. Sorrindo junto a mim e seu irmao, naquele passeio tao feliz que fizemos, pensei...
Nao acabou! Nao pode ter acabado.
Pois se ate o ser humano, com toda a sua falta de compreensao, pode criar estorias com finais felizes. E estorias ficticias. Porque o Senhor, dono de toda sabedoria, criaria uma historia real de vida, sem um The End de abracos e beijos?
Porque para Ti, Papai, nada e impossivel.
E as historias que cria estao no seu controle totalmente.
E essa confianca que tenho em Ti, eu nao perdi em nenhum segundo desses 365 dias.
E eu sei que O Senhor ira honrar toda a confianca que deposito , sobretudo, no grande amor que tem por mim.
Nao importa o que a circunstancia me diga.
Eu olho e nao vejo.
Eu procuro e nao acho.
Eu chamo e ninguem responde.
Mas de alguma maneira, de algum modo, de alguma forma, eu sei que que Tu esta no controle.
E que ainda nao estou vivendo o The end, do filme de minha vida. De minha vida real.
Espero confiadamente no autor de minha historia.
Espero fervorosamente pelo ultimo capitulo desse livro que escreve de minha historia...De minha vida.
E como um personagem importante. A protagonista de minha propria historia, Papai.
Autor da minha fe. Autor de meus passos aqui na terra.
Como personagem do livro chamado Fe. Vou vivendo cada capitulo, e a cada novo capitulo vou renovando a minha fe por Ti, em Ti. Porque vale a pena.
Sempre vale a pena confiar nossas vidas nas tuas maos carinhosas.
Te amo hoje.
Te amarei amanha.
Te amarei por toda a eternidade.
E enquanto eu te amo assim , Papai. Com toda a forca do meu ser.
Enquanto escreve a minha historia.
Saiba que estou aqui, esperando o meu final feliz, confiada na tua Palavra.


(1Tessalonicenses

4 - 13 Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança.

4 - 14 Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem Deus os tornará a trazer com ele.

4 - 15 Dizemo-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

4 - 16 Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro;

4 - 17 depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

4 - 18 Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.)

2 Comments:

Alessandra said...

Ola,tudo bem?
Sou de Hudson.Vi seu blog na comunidade Brasileiros nos EUA ontem a noite,eu perdi o sono e estava lendo suas mensagens,suas conversas com seu filho,fiquei tao emocionada,chorei demais,fiquei com muita compaixao por vc,do jeito como vc soube expressar sua dor,essa dor que deve ser a mais doida, a mais duradoura do mundo.
Nao te conheco,nao conheci seu filho,mas quero te desejar muita forca,e muita fe em Deus,porque sem Ele, com certeza a vida nao teria sentido.
Meus sinceros desejos de conforto a vc e sua familia.

Janaina said...

Oi Lu.. é engraçado mas sei q posso te chamar assim... assim q terminei de escrever o scrap pra vc, cliquei na foto do Hugo e soube um pouquinho mais sobre ele, e agora sobre vc... E acabo de chorar muito, muito. Espero poder falar com vc, por enquanto, quero dizer q daqui vou acompanhar suas postagens, vc é um um ser iluminado.

d