Mae! Eu ja li a Biblia toda varias vezes. E a conclusao que cheguei e que a missao de todos nos, aqui na terra, e amarmos uns aos outros!
HUGO MAGNO DE BARROS GIUBERTI
Desceu a terra em 10/09/85 e Subiu ao ceu em 20/08/07

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

APRESENTACOES


Ola.
Meu nome e Lucilia.
Tenho 42 anos de idade. Sou mae de Hugo, Hygor e Hyuri.
O mais velho. Hugo Giuberti nao mora comigo. Ele mora no ceu. Endereco que todos querem ir, mas ninguem quer ser transferido para la.
Sim...transferido. A palavra e essa quando passamos pela morte e guardamos o bom combate.
Sou mae de um vencedor! E me orgulho disso.
Sinto um mixto de saudade e prazer de saber que meu filho venceu o bom combate assim como Paulo. Personagem biblico tao famoso.
Parece estranho afirmar isso. Que chego a sentir um certo prazer. Ocorre que minha carne sente falta dele, mas meu espirito se alegra em saber que sou mae de alguem que mora ao lado de Deus.
Gostaria muito que toda mae enlutada chegasse a essa conclusao, mas sei que e dificil.
E claro que volta e meia meu corpo humano enfraquece e a saudade desespera. E logico! Afinal sou uma mae comum. Uma mulher comum. E uma pessoa igual a que se ve em cada esquina.
Mas nao sou de papel. Sou corpo e sou espirito tambem. E por isso reconheco, em espirito que aquele que sobe ao ceu mais cedo tera mais tempo de toda uma eternidade para se alegrar ao lado deDeus.
Nos somos humanos e nossas visoes sao extremamentes limitadas.
Existe sim, uma dificuldade humana de ver todo esse fabuloso plano de Deus para a Humanidade.
Bem...apesar desse blog ter o nome de meu filho Hugo Giuberti ele sera escrito por mim, e nao so por mim, pois Hugo deixou 4 diarios escritos com varias anotacoes sobre a sua fe. Sobre os seus planos e ate as oracoes pessoais que fazia a Deus.
Quanto mais leio seus escritos, mais admiro meu filho e toda a afinidade que tinha com Deus. O que ja era reconhecivel para qualquer um que tenha convivido com ele.
Hugo tambem fez muitos planos para a sua vida secular. E esses anotava tambem.
E sempre assim. Nos esquecemos que fazemos planos , mas Deus faz outros.
Por isso mesmo agradeco a Deus que alem dos planos seculares que ele fez. Tambem fez planos para a vida eterna e guardou a sua fe ate o final, vencendo o bom combate.
Que prazer para uma mae saber que seu filho nao morreu, mas que tem a vida eterna.
Nao uso acentos para escrever. Nunca uso. Meu pc nao e configurado e nao tenho a minima vontade de mudar isso ou usar codigos. Sou assim mesmo. Gosto das coisas mais simples e mais faceis. A vida no todo ja e muito dificil para ficarmos complicando.
Tambem nao tenho o habito de fazer rascunhos e muito menos de ficar redigindo o que escrevo. Escrevo e vou postando na maior naturalidade. Basta me fazer entender e pronto.
Sou uma pessoa agradavel, apesar de conviver com uma depressao que volta e meia me aflige. No entanto ela nao e perceptivel porque tenho sempre um sorriso estampado no rosto.
Nao fosse o peito que apertasse, nem eu mesma perceberia...
Voltando ao assunto...
Hugo tambem fazia desenhos quando crianca. E ate quando adulto. Me enchia de presentes, e seus presentes sempre foram interessantes.
A medida que for escrevendo aqui, vou mostrando essas coisas a quem ler esse blog pouco a pouco.
Nem sei se alguem ira ler isso. Nao importa. O que importa e que eu escreva e desabafe. Sobretudo que deixe para eu mesma a memoria do meu filho viva sempre. Pois valeu a pena ele ter existido aqui na terra.
Valeu a pena para mim, para seus irmaos, para Deus e para muitas pessoas que viram nele aquela fe verdadeira latente no seu dia a dia.
Gostaria que todos tivessem convivido com Hugo na fase adulta de sua vida. Deus o levou com 21 anos de idade. Infelizmente nem todos tiveram o prazer de conhecer um verdadeiro filho da fe.
Assim o chamarei sempre.
Meu filho...filho da fe!

1 Comment:

Elisandra said...

Olá!
Entei na comunidadee do orkut sobre bipolaridade.
Me vejo aqui e agora abrindo paginas e mais paginas tentando achar a receita de sua fé.
Estou emocionada de ler sobre seu filho.
Estou numa crise e senti como um sinal encontrar tudo que estou lendo...
Me desculpe, mais me ensina a voltar a ter fé, se algum dia eu tive.

d